Florianópolis, Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018


  
ouvidoria3

Aresc recebe membros da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí

A Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina – ARESC recebeu na tarde dessa quarta-feira (31) no gabinete do Presidente Reno Caramori, membros da AMFRI (Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí) e representantes da empresa Surbana Jurong, de Singapura.

O motivo pelo qual levou a AMFRI procurar a ARESC foi à busca de informações relacionadas aos setores de saneamento básico e de distribuição de gás natural canalizado dos municípios regulados pela Agência na região da Foz do Rio Itajaí.

Em 2011, no intuito de desenvolver o Estado por meio de criação de empregos de qualidade, aprovou-se um projeto denominado INOVAMFRI que, na época, criava 11 centros de inovação em diversas regiões do estado com a vocação de oferecer ambientes favoráveis para a inovação. 

 Atualmente, esse projeto é divido em três eixos, sendo que um deles tange o distrito regional de Inovação de Itajaí, para o qual a empresa de Singapura, vencedora da licitação, está iniciando os estudos de elaboração do projeto básico de uso do solo da região. Com isso, serão necessárias informações que possibilitem a compreensão pelos técnicos responsáveis pelo estudo, dos cenários atuais e futuros da infraestrutura regional e local disponível, que possibilite a instalação desses Centros de Inovação. 

  Durante a reunião, foi solicitado pela  AMFRI, por meio de ofício do seu secretário executivo Célio José Bernadino, a cooperação da Agência de Regulação no fornecimento de dados e outras informações pertinentes aos sistemas de água, coleta e tratamento de efluentes sanitários e resíduos sólidos urbanos, bem como da distribuição de gás natural canalizado dos municípios regulados pela ARESC.

 

 

DSC00630 editadocc

Em 2011, no intuito de desenvolver o Estado por meio de criação de empregos de qualidade, aprovou-se um projeto denominado INOVAMFRI que, na época, criava 11 centros de inovação em diversas regiões do estado com a vocação de oferecer ambientes favoráveis para a inovação. 

 

Atualmente esse projeto é divido em três eixos, sendo que um deles tange o distrito regional de Inovação de Itajaí, para o qual a empresa de Singapura, após vencer a licitação, está iniciando os estudos de elaboração do projeto básico de uso do solo da região. Com isso, serão necessárias informações que possibilitem a compreensão, pelos técnicos responsáveis pelo estudo, dos cenários atuais e futuros da infraestrutura regional e local disponível, que possibilite a instalação desses Centros de Inovação. 

 

Durante a reunião foi solicitado pela  AMFRI, por meio de ofício do seu secretário executivo Célio José Bernadino, a cooperação da  Agência de Regulação para fornecer dados e outras informações pertinentes aos assuntos referentes aos sistemas de água, coleta e tratamento de efluentes sanitários e resíduos sólidos urbanos, bem como da distribuição de gás natural canalizado dos municípios regulados pela ARESC.

 

 

© 2012 - Desenvolvimento