Florianópolis, Segunda-Feira, 24 de Setembro de 2018


  
ouvidoria3

Aresc apresenta suas ações em reunião da Câmara de Assuntos de Energia da Fiesc

A Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) participou da reunião da Câmara de Assuntos de Energia da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) onde teve como assunto debatido a quarta revisão tarifária da Celesc e a atuação da Aresc na regulação da distribuição de gás canalizado em Santa Catarina. O encontro aconteceu nessa sexta-feira (26), em Florianópolis e também contou com a participação da SCGás, Celesc e Eletrosul.

Durante apresentação sobre as principais ações da Aresc, o Gerente de Regulação da entidade, Silvio Cesar dos Santos Rosa, declarou que a fusão foi benéfica do ponto de vista técnico. Ele informou que deverá ser lançado o edital para contratar consultoria que irá estudar a revisão da tarifa de gás natural no Estado. "Qualquer ato interno tem impacto fora da agência de regulação. Estamos preparando nossa equipe para quando for feita a análise de uma resolução, se pense no impacto para a sociedade e o setor produtivo", garantiu.

Na oportunidade, o presidente da Aresc, Reno Caramori, falou sobre o trabalho da agência, que opera desde novembro de 2015, após a fusão entre Agesan e Agesc. "Santa Catarina avançou bastante, seguindo o exemplo de outros Estados. Estamos nos preocupando em preparar a equipe e partimos, agora, para uma nova era na regulação. Sabemos da importância disso para Santa Catarina. Hoje regulamos água, esgotamento sanitário, resíduos sólidos, gás e temos que avançar na mineração e energia elétrica. O futuro da agência é, sem sombra de dúvida, o crescimento de forma organizada e equilibrada", enfatizou.

O Diretor-Presidente da Eletrosul, Márcio Zimmermann, declarou que foi importante o Estado ter evoluído para a unificação das agências. Na opinião dele, um dos desafios é formar profissionais para essa área. "Santa Catarina é um dos Estados mais desenvolvidos e equilibrados, no entanto, é um dos mais atrasados em termos de saneamento. A agência pode ter um trabalho muito forte nesse sentido, especialmente com os municípios como indutores de ações na área", considerou.

Ainda na reunião, o Diretor-Presidente da Celesc, Cleverson Siewert fez uma avaliação sobre a diminuição da tarifa de energia elétrica e o Diretor- Presidente da SCGás,Cósme Polêse, fez um panorama do plano de investimento da companhia.

fs-7 0copia

FS-6cc

Colaboração- Assessoria de Imprensa Fiesc

© 2012 - Desenvolvimento